Etiquetas

, ,

A produtividade do trabalho no Brasil deve dobrar na próxima década. João Guilherme Vargas Neto, em sua coluna em Agência Sindical, apoia-se na informação para reivindicar uma redução na jornada de trabalho no país, como compensação aos trabalhadores por esse ganho que é único hoje no mundo inteiro, segundo ele. Além de ter a jornada reduzida, com alívio de seu esforço, os trabalhadores teriam sempre a alternativa de transformar a conquista em aumento de salário, com horas extras. Ver o texto da coluna aqui.