Etiquetas

,

A política brasileira de câmbio, que o governo Dilma corrigiu parcialmente no sentido de defender a economia nacional, está sob forte pressão do capital financeiro, no Brasil e no exterior.  Ela foi defendida pelo economista José Álvaro Cardoso, do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócioeconômicos-Dieese, no sítio Agência Sindicalaqui.